PARÓQUIA
SÃO SEBASTIÃO

igreja matriz - barra mansa

NAVEGUE PELO SCROLL DO MOUSE
Pastoral do Dízimo Paroquial completa 57 anos e celebra em Ação de Graças na Matriz de São Sebastião

A primeira Missa do 21º Domingo do Tempo Comum, não presencial, na Matriz de São Sebastião, em 23 de agosto, foi presidida pelo padre Luis (SVD). O aniversário de 57 anos da Pastoral do Dízimo Paroquial, o Dia do Catequista e das Vocações Leigas foram lembradas. Na meditação ao Evangelho, padre Luis comentou sobre a resposta correta de Pedro sobre quem era Jesus.

 

- O que as pessoas dizem ser o filho do homem? Essa é a pergunta do Evangelho de hoje. Na primeira leitura, Isaías mostra como uma pessoa se tornava ministro da casa real, através da entrega das chaves do Palácio Real. Quando a pessoa recebia as chaves se tornava responsável pela casa. No Evangelho, Jesus confia a Pedro o governo supremo do povo de Deus. Jesus diz a Pedro: tu és Pedro, e sobre essa Pedra edificarei a minha Igreja. Eu te darei as chaves do Reino dos Céus. Pedro se torna o responsável da Igreja e do povo de Deus. Na segunda leitura, São Paulo nos convida a contemplar a riqueza, a sabedoria e a ciência de Deus que realiza o seu projeto de salvação no homem. Deus realiza sua obra de salvação com sabedoria. Quando falamos de ciência, algumas pessoas colocam Deus em segundo plano. De onde vem a matéria prima da natureza? Vem de Deus. Temos que contemplar a riqueza de Deus porque Ele fez tudo por amor. Jesus preparou seus discípulos para tudo o que iria acontecer: sua morte e ressurreição. Depois da multiplicação dos pães e dos peixes, Jesus decide retirar-se junto com seus discípulos e vai continuar a formação do seu grupo de discípulos. Como é bom de vez em quando termos um momento de retiro em nossa vida para avaliar e nos perguntarmos intimamente: de onde venho? Para onde vou? Onde quero chegar? Será que estou feliz em minha vida? O que tenho que melhorar em minha vida? É a formação que nós temos que nos preocupar. Jesus perguntou: quem dizem ser o filho do homem? Alguns dizem ser João Batista, outros: Jeremias. E vocês, o que dizes que sou? Pedro diz: tu és o Messias, o Filho do Deus vivo! Pedro responde corretamente em nome de todos e ganha um elogio de Jesus, e não uma bronca. Às vezes a gente se pergunta: onde está Deus? Precisamos acreditar na presença de Deus e confiar que ele sabe de tudo que está acontecendo. Quem é Jesus para mim? O que reconheço nele? Temos uma fé recebida de nossos pais, avós, catequistas, entre outros. Esta catequese fortalece a nossa identidade. Assim a gente acaba conhecendo Jesus. Temos que tentar personalizar quem é Jesus para nós e nos tornarmos testemunhas de Jesus para os outros. É preciso fazer a experiência pessoal de quem é Jesus em nossa vida? 

 

Vagner Mattos