PARÓQUIA
SÃO SEBASTIÃO

igreja matriz - barra mansa

NAVEGUE PELO SCROLL DO MOUSE
CEB São Genaro celebra Missa do Padroeiro: “O sangue do mártires fez a semente se espalhar”

A Missa do Padroeiro da CEB São Genaro, bairro São Genaro em 19 de setembro, Paróquia São Sebastião, Barra Mansa, foi presidida pelo padre Renê de Oliveira (SVD). Na meditação ao Evangelho, o padre destacou o exemplo de São Genaro que dedicou sua vida ao Senhor e aos pobres.

“São Genaro se sacrificou pela causa de Jesus Cristo, foi jogado aos leões, mas essa maldade não deu certo, até que o imperador Diocleciano, o mesmo que martirizou São Sebastião com pauladas, mandou assassinar São Genaro decapitando-o. O cristianismo é a religião do sangue dos mártires, porque seus seguidores doam sua vida pela causa de Cristo. O mundo vem sendo destruído por causa do lucro, acima do ser humano. Só no estado do Rio de Janeiro tem 37 bilionários, a economia vai muito bem para estes. As pessoas estão passando fome, perdendo seus entes queridos por causa da pandemia. A crise econômica é para os pobres, porque não existe sofrimento para os ricos. No Brasil são 19 milhões de pessoas passando fome. É o ser humano vivendo o egoísmo, só para a si. O cristianismo vem chamar a atenção para a justiça social, a correção fraterna, pois a salvação é a prática da justiça e da caridade nos ajudando uns aos outros. Isto incomoda a economia, atrapalha, assim nos tornamos presas fáceis para os gananciosos. São Genaro comprovou que cumprir a vontade do Senhor vale a pena, doou seu sangue até as últimas conseqüências, praticou o mandamento que Cristo nos ensinou, que é carregar a sua cruz e seguir o mestre. Ele abriu mão de sua juventude e seguiu Jesus como diácono em Nápoles, Itália. Foi um servidor assumindo a diaconia, visitando os pobres, doentes e encarcerados. São Genaro morreu por dedicar-se aos mais necessitados. Tornou-se bispo, assumindo esse ministério com toda a santidade. Nós devemos nos encantar com este testemunho, quando celebramos nossos santos que sujaram-se de sangue para dar vida a humanidade, buscando um mundo melhor. Façamos um mundo melhor, jovens não percam o ardor missionário de anunciar do evangelho, o perdão e o amor, conforme São Genaro que nos fortalece, a prova real de que o amor de acontecer”, ressaltou padre Renê.

No fim da Missa, a CEB São Genaro, agradeceu padre Renê, que aspergiu a assembleia com água Benta, rezou a Oração a São Genaro, e deu a Benção final.

Vagner Mattos