PARÓQUIA
SÃO SEBASTIÃO

igreja matriz - barra mansa

NAVEGUE PELO SCROLL DO MOUSE
CEB São Francisco de Assis comemora Padroeiro com Missa presidida pelo bispo diocesano Dom Luiz Henrique: “Canta Francisco com a voz dos Pobres, tudo que atreveste a mudar”

O bispo diocesano Dom Luiz Henrique presidiu a Missa da Festa do Padroeiro, da CEB São Francisco de Assis, bairro Nova Esperança, em 4 de outubro, concelebrada pelo padre Renê de Oliveira (SVD) e a presença do diácono Antônio Magno, Paróquia São Sebastião, Diocese de Barra do Piraí Volta Redonda. Na meditação ao Evangelho, o bispo ressaltou a confiança, equilíbrio e simplicidade de São Francisco de Assis.

“Celebramos hoje a Festa de um dos maiores exemplos de santidade: São Francisco de Assis, que é reconhecido também por várias denominações religiosas do mundo inteiro. Ele abraçou a santa pobreza. Seu pai era um rico comerciante, da Itália, mas Francisco abandonou tudo, pois teve uma experiência muito forte com o Senhor, quando ouviu uma voz de Jesus que dizia: Francisco a quem é melhor servir? Ele disse: ao Senhor! Nós precisamos tomar cuidado com os apegos que fazemos como possessão de bens materiais da vida. Não podemos deixar que estes prazeres nos dominem. Foi o que São Francisco fez em sua vida, conseguindo superar tudo o que o atrapalhava de seguir seu caminho de discípulo missionário de Cristo. Entregou sua vida no despojamento, na pobreza, servindo aos pobres, viveu a pobreza, a caridade, a castidade e a obediência. Se desapegou das coisas materiais. Esperou por muito tempo para que a Igreja, o Papa aprovasse as regras de conduta de sua espiritualidade. Nós não podemos cobrar dos outros o estilo de serviço de São Francisco, porque cada um de nós tem seus talentos para servir ao Senhor. São Francisco recitou o Cântico das Criaturas, o hino a São Francisco de Assis que deu valor a casa comum, nosso planeta, que está sendo destruído e precisa de nossa cooperação para que tenhamos vida e a preservemos para as futuras gerações. Vejam o Rio Barra Mansa aqui neste bairro, já foi um rio que as pessoas tomavam banho. E hoje? É impossível! Francisco nos chama a atenção para todos os seres vivos, entre eles os animais que precisam de cuidado, amor para que também vivam conforme sua diversidade. Que ele interceda por cada um de nós, e por mundo mais justo e fraterno”, disse Dom Luiz.

No fim da Missa, a CEB São Francisco de Assis, agradeceu a Dom Luiz, padre Renê e ao diácono Antônio pela presença, os presenteou e cantou parabéns para os aniversariantes do dia. Dom Luiz agradeceu pelo convite e deu a Benção final.

Vagner Mattos